Formação

No passado sábado, as equipas sub-10 e sub-12 do clube deslocaram-se a Carcavelos onde participaram no convívio organizado pelo St. Julian’s.

Em relação à equipa sub-10, esta fez apenas dois jogos - contra o Benfica e contra a Galiza. Foram duas vitórias confortáveis e muito expressivas. De dizer que não sofremos um único ensaio e todos os jogadores mostraram uma garra e qualidade de jogo impressionantes. Estamos a construir uma excelente equipa que sabe bem o que está a fazer dentro de campo e que nem dá tempo aos adversários para pensar no que os atingiu. Muitos parabens a todos.

A equipa sub-12 obteve duas vitórias e um empate o que torna muito positiva a nossa participação neste torneio. Duas vitórias sem margens para dúvidas, em que fomos superiores aos adversários. No empate, no último jogo, os jogadores já revelavam algum cansaço e aí começou a faltar um pouco a concentração o que levou a muitas falhas na passagem da bola, na pressão constante ao adversário e nas placagens.

Apenas um senão nesta tarde - tínhamos mais um jogo de sub-10 programado contra a equipa da casa, mas quando chegou o momento só o RCS estava em campo. Foi desagradável fazer uma viagem longa e, sem qualquer justificação, o adversário (da casa!) desaparecer...

Esta foi mais uma brilhante jornada das equipas orientadas pelos técnicos George Stilwell e Pedro Brás Pereira.

 

Adaptado das cónicas dos técnicos in
https://www.facebook.com/groups/294532050564334/

Hoje decorreu o primeiro torneio da época das equipas mais novas do Rugby Clube de Santarém em terras de Canaviais, onde se localiza o campo do anfitrião – o Clube de Rugby de Évora (CRE).

Começo a crónica por agradecer o convite e dar os parabéns ao CRE por organizar este simpático evento.

O RCS viajou para o Alentejo com as suas equipas de sub-10 e sub-12 numa bela manhã de Outono. A deslocação no autocarro foi uma experiência dura para alguns jogadores que chegaram um pouco agoniados e com pernas trémulas porque a brincadeira geralmente não se liga muito bem com o ziguezaguear da estrada. Mas um pouco de ar fresco e a ânsia de jogar rapidamente desfizeram os efeitos nefastos do enjoo.

Agora os jogos.

Os cerca de quinze jogadores sub-12 defrontaram o Técnico e o CRE demonstrando uma qualidade e cadência de jogo que faz antecipar uma época brilhante. Associando este entusiasmo a uma participação regular em treinos onde a técnica, força e velocidade serão aprimoradas, temos a certeza que temos equipa para nos bater com todo e qualquer adversário. No final ficou para a história uma derrota tangencial com o Técnico e uma vitória contra a equipa da casa. Muitos parabéns jovens guerreiros.

No campo vizinho o esquadrão sub-10 enfrentou primeiro o CRE B, depois o Técnico e finalmente o CRE A. Apesar de vencerem os três jogos com relativa facilidade, no último jogo quase foram surpreendidos por uma formação muito valente e combativa. As dificuldades acrescidas deveram-se a uma falta de concentração dos jogadores, que era nítida no princípio, e que foi uma clara demonstração de que o sucesso pode facilmente conduzir ao facilitismo. Felizmente, o facto de sofrerem um ensaio quase no início parece ter acordado os jogadores do RCS que reagiram e responderam como leões até à vitória final.

Mais uma vez o RCS/Agromais demonstrou que os seus escalões de formação são de uma qualidade excepcional. O futuro do RCS está garantido.

 

 

 

Direitos de autor © 2017 Rugby Clube de Santarém. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.