Sub 12

Carcavelos, 10 de outubro 2015
Torneio comemorativo do 9* aniversário...
St. Julian's Rugby e Escolinha de Rugby da Galiza

Manhã chuvosa no campo de St. Julian's, que em tom de brincadeira se dizia que estava favorável para os da "casa"! Desconfortável, apenas para os pais e acompanhantes, pois para os mais pequenos, não pareceu afetar em nada.

Após as últimas indicações do mister Pedro "Pedro", os sub-10 entram em campo para o seu primeiro jogo, defrontando a equipa principal da casa, o St. Julian's.
Um início que prometia, pois os dois primeiros ensaios pertenceram ao RCS. Apanhados de surpresa com a confiança dos nossos atletas, o St. Julian's não esmoreceu e respondeu à letra, igualando o resultado pouco tempo depois.
Foi, talvez, o excesso de confiança dos nossos atletas que levou a cometer alguns erros defensivos, mas voltando a colocar os "pés na terra", os nossos valentes organizaram-se e colocaram-se de novo à frente do marcador.
O St. Julian's conseguiu tirar proveito de algumas lacunas da nossa defensiva e de alguns jogadores de grande porte, que fizeram a diferença e, literalmente, levaram os nossos à frente.
Não fazendo jus à exibição, o resultado final foi:
St. Julian's_6 - RCS_3

Sem grande tempo para descanso, o RCS enfrenta, no seu segundo jogo, a Agronomia. Equipa experiente, teve muitas dificuldades em mostrar a sua superioridade. Encontrou um RCS com muita determinação e vontade de vencer. Esta, não facilitou em nada os adversários e salientou que estão cada vez melhores como equipe, que trabalham mais uns para os outros e já se notam pouco as individualidades e mais um grupo de fortes e valentes atletas.
Jogo muito equilibrado e muito técnico, mas não o suficiente para obter a vitória,
Agronomia_4 - RCS_1

No terceiro e último jogo, o RCS funcionou muito bem como equipe.
Muito patente neste embate contra a Galiza, foi a entreajuda dos atletas ribatejanos. Sempre no apoio aos colegas, o RCS foi uma máquina imparável, marcando 10 ensaios contra 5.

Apenas três jogos marcaram este torneio. Os nossos atletas mereciam mais, ainda por cima depois de uma vitória há muito merecida, estavam entusiasmadissimos e prontos para mais um embate que não aconteceu.
Em resumo, mais uma bela manhã, passada em muito boa companhia e a assistir a um desporto fantástico mas, o mais importante, a formar grandes atletas que serão o futuro do RCS e a proporcionar momentos inesquecíveis aos nossos filhos!

A toda a família do RCS, um muito obrigado e até breve.
Gonçalo Gouveia de Figueiredo

No passado sábado, as equipas sub-10 e sub-12 do clube deslocaram-se a Carcavelos onde participaram no convívio organizado pelo St. Julian’s.

Em relação à equipa sub-10, esta fez apenas dois jogos - contra o Benfica e contra a Galiza. Foram duas vitórias confortáveis e muito expressivas. De dizer que não sofremos um único ensaio e todos os jogadores mostraram uma garra e qualidade de jogo impressionantes. Estamos a construir uma excelente equipa que sabe bem o que está a fazer dentro de campo e que nem dá tempo aos adversários para pensar no que os atingiu. Muitos parabens a todos.

A equipa sub-12 obteve duas vitórias e um empate o que torna muito positiva a nossa participação neste torneio. Duas vitórias sem margens para dúvidas, em que fomos superiores aos adversários. No empate, no último jogo, os jogadores já revelavam algum cansaço e aí começou a faltar um pouco a concentração o que levou a muitas falhas na passagem da bola, na pressão constante ao adversário e nas placagens.

Apenas um senão nesta tarde - tínhamos mais um jogo de sub-10 programado contra a equipa da casa, mas quando chegou o momento só o RCS estava em campo. Foi desagradável fazer uma viagem longa e, sem qualquer justificação, o adversário (da casa!) desaparecer...

Esta foi mais uma brilhante jornada das equipas orientadas pelos técnicos George Stilwell e Pedro Brás Pereira.

 

Adaptado das cónicas dos técnicos in
https://www.facebook.com/groups/294532050564334/

As nossas equipas sub-12 estrearam o novo campo da EPC num convívio com as equipas do São Miguel.

Ficam aqui as crónicas dos técnicos de cada escalão.

Sub-8 estreiam campo com saldo positivo

''A participação dos Sub-8 na inauguração do nosso tão sonhado campo não poderia ter sido de forma melhor!

Este ano contamos com um aumento bastante considerável de iniciantes na prática deste desporto que nos une!

No sábado foram 20 os mini jogadores que estiveram presentes para enfrentar o nosso adversário....

Iniciou-se o encontro com um jogo RCS x São Miguel e, apesar da derrota, os nossos jogadores mais experientes mostraram a mesma garra e determinação da época passada. Os iniciantes não fizeram por menos e, quando convocados, responderam à altura.

Após o 1º jogo, realizou-se um 2º jogo entre os jogadores da casa. Os mais pequenos foram divididos em 2 equipas e demonstraram que, apesar de recém-iniciados, o rugby está-lhes no sangue!

A seguir disputou-se mais um jogo entre RCS e São Miguel. Desta vez obtivemos uma vitória - a 1ª em casa!

Mais importante que os resultados, porém, foi ver que os nossos mini atletas divertiram-se e que os pais, a quem agradecemos, estiveram presentes para os apoiar.
Nós achamos que o RCS tem um futuro brilhante pela frente!''

Pelas treinadoras: Filipa, Sónia, Inês e Kátia

Foto por: Luísa Féria

Sub-10 demolidores na estreia do novo campo

''Fizemos dois jogos contra os convidados do São Miguel.

Como é seu costume, o RCS aliou uma agressividade (no bom sentido) na defesa e uma qualidade de jogo à mão no ataque que tem deixado muitas poucas hipóteses às equipas adversárias.

Ontem pedi a um dos pais para ir mantendo nota dos nossos ensaios, mas acho que perderam a conta e por isso não posso adiantar um número certo. De realçar que não sofremos um único ensaio que resultou do facto de todos os jogadores terem feito placagens impecáveis.

Uma palavra de parabéns e agradecimento ao São Miguel. Voltaremos a encontrar-nos brevemente.''

Pelo treinador: George Stilwell

Foto por Miguel Carmo

Sub-12 estreiam campo com lição para o futuro

''Apenas algumas notas.

Pontos fortes placámos que nem uns leões, jogámos muito bem à mão.

Pontos fracos o São Miguel foi-nos superior nos rucks e nas mauls fosse a bola deles fosse a bola nossa. Perdemos muitas bolas nestes momentos de jogo. REMÉDIO. Jogar mais juntos, mais unidos, não entrarmos sozinhos, entrarmos baixinho, de ombro, a empurrar, a fazer força, de olhos bem e sempre abertos a falarmos uns com os outros.

Espero que todos se tenham divertido.''

Pelo treinador: Pedro Braz Pereira

Foto por João Hartley

 

Hoje decorreu o primeiro torneio da época das equipas mais novas do Rugby Clube de Santarém em terras de Canaviais, onde se localiza o campo do anfitrião – o Clube de Rugby de Évora (CRE).

Começo a crónica por agradecer o convite e dar os parabéns ao CRE por organizar este simpático evento.

O RCS viajou para o Alentejo com as suas equipas de sub-10 e sub-12 numa bela manhã de Outono. A deslocação no autocarro foi uma experiência dura para alguns jogadores que chegaram um pouco agoniados e com pernas trémulas porque a brincadeira geralmente não se liga muito bem com o ziguezaguear da estrada. Mas um pouco de ar fresco e a ânsia de jogar rapidamente desfizeram os efeitos nefastos do enjoo.

Agora os jogos.

Os cerca de quinze jogadores sub-12 defrontaram o Técnico e o CRE demonstrando uma qualidade e cadência de jogo que faz antecipar uma época brilhante. Associando este entusiasmo a uma participação regular em treinos onde a técnica, força e velocidade serão aprimoradas, temos a certeza que temos equipa para nos bater com todo e qualquer adversário. No final ficou para a história uma derrota tangencial com o Técnico e uma vitória contra a equipa da casa. Muitos parabéns jovens guerreiros.

No campo vizinho o esquadrão sub-10 enfrentou primeiro o CRE B, depois o Técnico e finalmente o CRE A. Apesar de vencerem os três jogos com relativa facilidade, no último jogo quase foram surpreendidos por uma formação muito valente e combativa. As dificuldades acrescidas deveram-se a uma falta de concentração dos jogadores, que era nítida no princípio, e que foi uma clara demonstração de que o sucesso pode facilmente conduzir ao facilitismo. Felizmente, o facto de sofrerem um ensaio quase no início parece ter acordado os jogadores do RCS que reagiram e responderam como leões até à vitória final.

Mais uma vez o RCS/Agromais demonstrou que os seus escalões de formação são de uma qualidade excepcional. O futuro do RCS está garantido.

 

 

 

Direitos de autor © 2017 Rugby Clube de Santarém. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.